Revista Brasileira de Ciências do Esporte Revista Brasileira de Ciências do Esporte
Revista Brasileira de Ciências do Esporte 2018;40:109-10 - Vol. 40 Num.2 DOI: 10.1016/j.rbce.2018.03.001
Editorial
Revista Brasileira de Ciências do Esporte tem novo Comitê Editorial
The Revista Brasileira de Ciências do Esporte has a new Editorial Board
Fernando Mascarenhasa,, , Ari Lazzarotti Filhob, Lauro Casqueiro Viannaa
a Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Brasília, DF, Brasil
b Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Educação Física e Dança, Goiás, GO, Brasil

Este número marca o início do trabalho de um novo Comitê Editorial à frente da RBCE, que tem como editor‐chefe o Prof. Fernando Mascarenhas e como editores associados o Prof. Ari Lazzarotti Filho e o Prof. Lauro Casqueiro Vianna, docentes do Programa de Pós‐Graduação em Educação Física da Universidade de Brasília.

Integram também a equipe, como editores executivos, os professores Efrain Maciel e Silva, André Luiz Teixeira, Fernando Henrique Silva Carneiro e Oromar Augusto dos Santos Nascimento, o primeiro pós‐doutorando e os demais doutorandos do PPGEF‐UnB.

A RBCE conta ainda com outros dois docentes do Programa de Pós‐Graduação em Educação Física da UnB que são editores de área, o Prof. Edson Marcelo Húngaro, responsável pela subárea sociocultural e pedagógica, e o Prof. Ricardo Moreno Lima, responsável pela subárea da biodinâmica.

Em apoio e também compondo a equipe, a graduanda em Educação Física Rebeca Brito Saminêz, estagiária da Faculdade de Educação Física da UnB, vem respondendo por nossa Secretaria Executiva.

Além de dar continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos anos pelos professores Alexandre Fernandez Vaz, Felipe Quintão de Almeida e Jaison Bassani na direcão da profissionalizacão e internacionalizacão da RBCE (Almeida, Bassani e Vaz, 2015; Vaz, Almeida e Bassani e Vaz, 2014; 2018), é intenção também do novo Comitê Editorial conferir maior agilidade e visibilidade à Revista, bem como indexá‐la em novas bases de dados, agregando maior reconhecimento de mérito e aval à qualidade de seu conteúdo.

Tão logo a nova equipe tenha pleno domínio do complexo que influencia e age sobre a Revista, o que envolve a relação com a Elsevier, as agências de fomento, os indexadores, os membros do Conselho Editorial, os autores, os pareceristas, os leitores e toda a comunidade da Educação Física e Ciências do Esporte, teremos condições de avaliar, planejar e implantar inovações no sentido de qualificar ainda mais a RBCE.

Este número da RBCE apresenta à comunidade 13 artigos. O primeiro merece atenção dos nossos pareceristas, pois sugere um roteiro para avaliação de artigos científicos, o que pode qualificar esse que constitui um dos processos mais delicados do trabalho editorial. Ademais, entre trabalhos vinculados à subárea da biodinâmica e à subárea sociocultural, bem como trabalhos que se situam na fronteira do conhecimento, um vasto leque de objetos e olhares distintos confirma nosso periódico como expressão do que é o campo da Educação Física e Ciências do Esporte, heterogêneo e multidisciplinar. Destacam‐se também a pluralidade regional e as redes de colaboração científica que se evidenciam pelas coautorias, que não se restringem ao Brasil. Ao que tudo indica, ao passo que a área aumentou de tamanho e os programas de pós‐graduação tornaram‐se mais produtivos, uma maior diversidade de laços e interações interinstitucionais acompanhou esse movimento.

Boa Leitura!

Brasília, março de 2018.

Referências
Almeida et al., 2015
Almeida Q, Bassani JJ, Vaz AF. Vicissitudes de uma história da RBCE: 35 anos de editoração científica (1979‐2013). vol. 26. Florianópolis: Motivivência, 2015. p. 135‐153.
Vaz et al., 2014
A.F. Vaz,Q. Almeida,J.J. Bassani
Revista Brasileira de Ciências do Esporte: Dificuldades, desafios e dilemas da editoração científica
Rev Bras Ciênc Esporte, 36 (2014), pp. 752-758
Vaz et al., 2018
A.F. Vaz,Q. Almeida,J.J. Bassani
O fim de uma etapa. 10 anos de edição da RBCE
Rev Bras Ciênc Esporte, 40 (2018), pp. 1-2
Autor para correspondência. (Fernando Mascarenhas fernandom@unb.br)
Revista Brasileira de Ciências do Esporte 2018;40:109-10 - Vol. 40 Num.2 DOI: 10.1016/j.rbce.2018.03.001