Revista Brasileira de Ciências do Esporte Revista Brasileira de Ciências do Esporte
Revista Brasileira de Ciências do Esporte 2018;40:337-8 - Vol. 40 Num.4 DOI: 10.1016/j.rbce.2018.10.001
Editorial
Avaliar, planejar e implementar inovações para qualificar a RBCE
Evaluation, planning and implementation of innovations to improve RBCE
Evaluar, planificar e implementar innovaciones para mejorar RBCE
Fernando Mascarenhasa,, , Ari Lazzarotti Filhob, Lauro Casqueiro Viannac
a Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Brasília, DF, Brasil
b Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Educação Física e Dança, Goiás, GO, Brasil
c Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Brasília, DF, Brasil

Este número é lançado no momento em que se completa um ano desde que assumimos a responsabilidade de constituir o novo Comitê Editorial da RBCE.

Nosso primeiro grande desafio foi assegurar a qualidade do trabalho que vinha sendo desenvolvido pela equipe que nos antecedeu, com o desafio mais imediato de conferir maior agilidade e visibilidade à Revista (Mascarenhas et al., 2018a).

Nessa linha, com o comprometimento de nossa equipe, conseguimos conferir maior celeridade à gestão do fluxo de manuscritos, tendo como meta o tempo médio de processamento de até seis meses, considerando o tempo entre as datas de submissão e de decisão final quanto à publicação, e de até doze meses, considerando o tempo entre as datas de submissão e publicação do manuscrito.

Quanto à visibilidade, com a criação de uma página no Facebook para a RBCE, como uma ação que reflete o movimento de popularização da ciência, temos conseguido divulgar a Revista para um público mais amplo, fazendo com que os resultados científicos produzidos pelo campo da Educação Física e Ciências do Esporte circulem para além da academia e alcance a sociedade. Além disso, o layout do site da RBCE foi atualizado, com melhor adaptação aos diferentes suportes, em especial, para os dispositivos móveis.

Por sua vez, vencidas as necessidades da transição e concretizadas essas ações mais imediatas, frente ao maior domínio do complexo que age sobre a Revista e provocados pelo SciELO, construímos o Plano de Desenvolvimento Editorial da RBCE para o quadriênio 2018‐2021. A partir deste movimento, as mudanças planejadas em nossa política editorial implicarão em novas “Diretrizes para os autores”, cuja divulgação e implementação está prevista ainda para este ano. Concluído este processo, nosso próximo passo será solicitar indexação da RBCE junto à Web of Science, agregando maior reconhecimento de mérito e aval à qualidade de seu conteúdo (Mascarenhas et al., 2018b).

Avaliar, planejar e implementar inovações no sentido de qualificar ainda mais a RBCE, este têm sido nosso compromisso e objetivo.

Quanto a este novo número da RBCE, são 14 artigos e 1 resenha. 3 artigos estão publicados em língua inglesa, o que reflete, por um lado, a constituição de redes internacionais de colaboração científica e, por outro, a difusão de conhecimentos por meio de língua inglesa como prática comum na subárea da biodinâmica. O mais importante é que, mais uma vez, diferentes temas, objetos, concepções, abordagens e problematizações construídas a partir deste conjunto de produções marcam aquilo que é identitário da Educação Física, das Ciências do Esporte e da própria RBCE, sua multidisciplinaridade.

Boa leitura!

Referências
Mascarenhas et al., 2018a
Mascarenhas
Revista Brasileira de Ciências do Esporte tem novo comitê editorial
Rev Bras Ciênc Esporte, 40 (2018), pp. 109-110
Mascarenhas et al., 2018b
Mascarenhas
Publicar em inglês ou perecer: a esfinge da internacionalização
Rev Bras Ciênc Esporte, 40 (2018), pp. 213-2014
Autor para correspondência. (Fernando Mascarenhas fernando.masca@outlook.com)
Revista Brasileira de Ciências do Esporte 2018;40:337-8 - Vol. 40 Num.4 DOI: 10.1016/j.rbce.2018.10.001